Arquivo do autor:anataliabonecasdepano

Sejam Bem-Vindos ao Mundo encantado das Bonecas de Pano

Padrão

BONECA DE PANO

Nos meus tempos de infância
Você era feita  de restos
E já me encantava

Restos de roupas e de lençois
Que Minha prima Almerinda  com todo carinho
Recortava,  costurava e transformava

Não se podia chamá-las de graçiosas
Mas era um mundo de pura magia
Onde tudo podia, tudo era fantasia

Hoje, nas minhas mãos
Numa sucessão de riscos e rabiscos,
Cortes e rocortes
Você vai surgindo, criando Vida
Me  fazendo voltar
Aos tempos de infância